Recomposição asfáltica: Arsec recebe plano de ação da Águas Cuiabá

Em razão das fiscalizações da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (ARSEC), a Concessionária Águas Cuiabá apresentou nesta semana um Plano de Solução do problema de recomposição asfáltica na Capital. O prazo estipulado para solução desse problema é de 60 dias.


“Este Plano está sendo analisado pela Agência Reguladora e vem ao encontro de uma postura mais resolutiva para solução de problemas por parte da Agência de Regulação, uma vez que justificada no momento pandêmico que criou dificuldades até mesmo de disponibilidade de insumos essenciais para o repavimento asfáltico. A agência passa a analisar e a cobrar o cumprimento desse plano apresentado pela própria Concessionária, para que, assim, haja uma solução desses atrasos que vem sendo constados pela Ouvidoria e pela fiscalização”, destaca o presidente da autarquia, Alexandro de Oliveira.


A Ouvidoria da ARSEC recebeu no período de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2020 cerca de 99 reclamações relativas a falta de recomposição asfáltica.


Conforme informações disponibilizadas pela Águas Cuiabá, o Plano de Ação consiste em mitigar a crescente demanda no que diz respeito a falta de recomposição asfáltica.

Assim, o plano conta com as seguintes ações: criação de um setor específico para o controle de qualidade e de execução dos pavimentos, contratação de equipe técnica e qualificada para acompanhamento e fiscalização das atividades de pavimentação, intensificação de treinamentos técnicos com os envolvidos no serviço, para melhor capacitação na execução das atividades, montagem de laboratório móvel para controle de qualidade, realização de empresa específica para execução dos serviços.


De acordo com o diretor geral da Águas Cuiabá, o laboratório móvel de verificação de qualidade do asfalto já está realizando ações em alguns bairros da capital, dentre os quais Coophema e a região do Porto.
Sabemos que o saneamento cuiabano vem avançando fortemente nos últimos anos e é nossa prioridade que os serviços sejam feitos com excelência. Solucionar os gargalos referentes à recomposição asfáltica consiste, neste momento, em nossa principal meta operacional – um desafio que vamos superar com trabalho, investimentos e rigidez em gestão”, pontua Willian.

© Copyright 2021